A Enfermagem, muito mais do que cuidar. Sucesso para a vida!

As escolhas que fazemos podem mudar a nossa trajetória pessoal e profissional. A escolha de um curso universitário acarreta nas decisões e nos caminhos que iremos percorrer na vida. Isso vale para qualquer área de atuação que vamos seguir, seja ela exatas, humanas ou biológicas, já que somos responsáveis por nossas escolhas. Mas se você tem o dom de cuidar, de se doar e gosta do que faz, certamente a escolha da profissão será assertiva e o sucesso será uma consequência.

Para a profissão de Enfermagem, o ato de cuidar vai muito além. Como diria a enfermeira  britânica Florence Nightingale:

“A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!”

O profissional trabalha em conjunto com outros especialistas da área da saúde com o intuito de fornecer cuidados e apoio necessário aos pacientes. Sua presença e seus conhecimentos são indispensáveis em hospitais, clínicas e em residências onde se encontram os pacientes acometidos por alguma doença.

Além desse fato humanista, a enfermagem é uma profissão que só cresce devido sua importância. E como toda profissão exige conhecimentos técnicos e muitos estudos para se atualizar, a Enfermagem se destaca nessa exigência. Em 2015, foi divulgado pesquisa realizada pela a Organização Mundial de Saúde (OMS) na qual afirma que nos últimos anos, a procura por enfermeiros vem aumentando gradativamente em nosso país; a OMS recomenda que exista um profissional para cada 500 habitantes, porém, o Brasil tem atualmente cerca de 0,9 para cada mil.

Talvez por isto, o mercado tem exigido que os profissionais estejam cada vez mais capacitados para atender diferentes demandas. É nessa hora que você se destaca! O mercado de trabalho é amplo e o profissional poderá escolher a área que se identifica para atuar, sendo assim, o estágio é obrigatório e fundamental para a decisão assertiva da carreira.

Separamos algumas áreas nas quais os profissionais podem se especializar, pois quando se pensa em Enfermagem logo vem a definição de trabalhar em hospitais, mas o campo vai bem além! Confira:

Enfermagem geral

Comandar equipes de técnicos e auxiliares de Enfermagem no atendimento a pacientes.

Enfermagem geriátrica

Atender idosos (doentes ou não) em domicílio, casas de repouso, clínicas e hospitais.

Enfermagem médico-cirúrgica

Ministrar cuidados pré e pós-operatórios em prontos-socorros, clínicas e hospitais.

Enfermagem obstétrica

Dar assistência integral à gestantes, parturientes e lactantes, com acompanhamento de pré-natal, realização de exames e auxílio ao médico no parto e no pós-parto. Além, de orientar sobre planejamento familiar.

Enfermagem pediátrica

Acompanhar e avaliar o crescimento e o desenvolvimento da criança. Incentivar o aleitamento materno e orientar os pais quanto às técnicas e os cuidados com recém-nascidos.

Enfermagem psiquiátrica

Ajudar no tratamento de pacientes com distúrbios psicológicos.

Enfermagem de resgate

Participar de equipes de salvamento de vítimas de acidentes ou de calamidades públicas.

Enfermagem de saúde pública

Orientar a população sobre a prevenção de doenças e promover a saúde da coletividade. Atender pacientes em hospitais, centros de saúde, creches e escolas. Formar, capacitar e supervisionar os agentes de saúde.

Enfermagem do trabalho

Dar atendimento ambulatorial em empresas e acompanhar programas de prevenção e manutenção da saúde dos funcionários.

O profissional formado em Enfermagem também pode atuar em outras áreas, além das apresentadas anteriormente. O enfermeiro pode realizar a gestão em hospitais de alta e média complexidade. Confira as áreas:

  • Gestão da qualidade

Avaliar e planejar a assistência prestada aos pacientes em hospitais a partir de demandas estabelecidas que envolvem os procedimentos do dia a dia até o uso de materiais e medicamentos. Preparar o hospital para receber certificações internacionais de qualidade.

  • Gestão de projetos

Administrar e controlar as atividades destinadas a projetos multidisciplinares, como abertura de uma ala hospitalar ou implementação de um novo protocolo em clínicas ou hospitais.

  • Pesquisa clínica

Planejar, implementar e coordenar projetos de pesquisas clínicas, como o desenvolvimento de drogas e estudos epidemiológicos em hospitais, institutos de pesquisa e universidades.

A Enfermagem te oferece várias oportunidades de trabalho e se você ainda tem dúvidas sobre a profissão, o Unifemm te apoiará em uma escolha mais assertiva de acordo com o seu perfil profissional. Conte conosco!

Um grande abraço de toda equipe Unifemm!

Deixe uma resposta