Os 10 melhores livros para estudantes de arquitetura e urbanismo

Desenhar, projetar, construir. A arquitetura é uma verdadeira arte e, devido a esse motivo, pede uma constante atualização dos profissionais que decidem seguir por esse viés. Um aspecto a ser constantemente trabalhado é a leitura e, por essa razão, fizemos uma lista com os melhores livros para estudantes de arquitetura e urbanismo.

A lista a seguir foi pensada não só nos profissionais, mas também nos estudantes que desejam se atualizar e aprofundar nos conhecimentos arquitetônicos, pois a área abrange diferentes vertentes. Curioso? Continue conosco!

O impacto da leitura no dia a dia de um graduando

Inúmeros autores consagrados já proferiram frases sobre a leitura e o quão importante ela é no dia a dia. Ela não só transporta os indivíduos a um mundo novo, como também é capaz de aguçar a sua perspectiva sobre os acontecimentos ao nosso redor.

Especialmente para os estudantes de graduação, a leitura é essencial. Sem ela, o curso se torna menos rico e o aluno não se desenvolve como deveria no quesito profissional.

Ler habitualmente auxilia o estudante na ampliação da sua visão profissional, mas também pessoal. A união é capaz de agregar ainda mais valor ao diploma, além de aumentar as chances de destaque no mercado. Afinal, em um mundo tão competitivo, ganha aquele profissional que se diferencia, e a leitura é uma das grandes responsáveis por capacitar uma pessoa para o mercado de trabalho.

No caso do profissional de arquitetura, a leitura ajuda na formação do senso crítico, tornando os estudantes mais conscientes sobre a sociedade que ocupam. Isso é fundamental quando se pensa em construções e seu impacto não só no ambiente, mas também na comunidade. Além disso, ela contribui para a criatividade, ajudando-o na criação de conceitos de suas obras.

Os melhores livros para estudantes de arquitetura e urbanismo

A arquitetura é um campo de conhecimento amplo, que exige estudo e dedicação. Por essa razão, alguns livros são altamente recomendados aos estudantes que desejam se qualificar!

1. Zen e a Arte da Manutenção de Motocicletas (Robert M. Pirsig)

Motocicletas? Talvez o título surpreenda um pouco, mas a obra de Robert M. Pirsig tem tudo a ver com a arquitetura. O livro narra uma viagem de moto realizada por um pai e um filho durante as férias de verão.

A jornada acaba se transformando em um momento de reflexão pessoal e filosófica, tratando sobre questões acerca do nosso modo de viver. Confusões existenciais e o real conceito de qualidade, este último muito ligado aos arquitetos, que se veem diante de uma busca constante por essa característica em seus trabalhos.

Diante disso há uma discussão a respeito da percepção e racionalidade. Pirsig também delineia as suas conclusões a respeito da necessidade de identificação entre criador e criatura. Enfim, faz o arquiteto refletir profundamente sobre o real significado da qualidade em seus trabalhos.

2. Austerlitz (W. G. Sebald)

Outra obra na lista dos melhores livros para estudantes de arquitetura é Austerlitz, do autor W. G. Sebald. A crônica retrata a vida de um homem em busca de sua biografia. Em uma jornada pelo velho continente, o professor Jacques Austerlitz mal sabe que está prestes a encontrar seus passos perdidos em um outro país e época.

O interessante da história é que Sebald envolve o leitor em uma narrativa não só em busca da identidade do personagem, mas também traz à tona o seu interesse genuíno sobre a arquitetura. Esse último aspecto, por exemplo, é tratado por meio de descrições de espaços arquitetônicos, por meio de textos, imagens e ilustrações. Um verdadeiro passeio que une a história arquitetônica e pessoal do personagem principal.

3. Arte de projetar em arquitetura 18ª edição (Ernst Neufert)

A bíblia dos arquitetos — pelo menos é assim que muitas pessoas definem o livro Arte de projetar em arquitetura, escrito pelo alemão Ernst Neufert. E não é para menos: a obra já está em sua 18ª edição. O manual é repleto de técnicas, o que oferece uma completa visão sobre um projeto arquitetônico, desde a sua função até o telhado.

A obra tem um conteúdo sistemático, com normas e prescrições de diferentes tipos de construções. Para isso toma o ser humano como medida e objetivo. A 18ª edição traz uma revisão das obras passadas, incluindo tópicos como arquitetura solar, reutilização de edifícios, entre outras. Um livro que não pode estar fora da lista de todo estudante de arquitetura que queira saber mais sobre projetos.

4. Paciente Inglês (Michael Ondaatje)

Como foi possível ver até aqui, a nossa lista com os melhores livros para estudantes de arquitetura tem histórias interligadas, o que mostra a relação próxima entre a arte de projetar e o ser humano. Em o Paciente Inglês, a narrativa gira em torno de uma vila abandonada na Itália onde quatro pessoas vivenciam um encontro inusitado.

Todos os personagens estão ligados pela guerra e seu papel nela. A partir disso, o autor relata os caminhos percorridas e também detalhes da vida desses quatro indivíduos. A contribuição para arquitetura está na relação entre o espaço da memória e tempo, provocando o leitor a enxergar a sua perspectiva arquitetônica, por exemplo, sobre como a história pode dar forma às coisas.

5. Urbanismo Ecológico (Mohsen Mostafavi e Gareth Doherty)

A sustentabilidade se tornou um assunto recorrente em nossa sociedade. Logo, não seria diferente no mundo arquitetônico. Em Urbanismo Ecológico, uma obra que reúne diversos artigos da Universidade de Harvard, bem como ensaios, aulas e conferências ligadas a temática, a sustentabilidade urbana é tratada de maneira prática e criativa.

O interessante do livro é que ele reúne a visão não só de arquitetos, mas também urbanistas, cientistas e até engenheiros. O resultado disso não poderia ser melhor para o estudante de arquitetura: um amplo panorama ecológico sobre a organização sistema urbano.

6. Urban Sketching: guia completo de técnicas de desenho urbano (Thomas Thorspecken)

Todo aluno de arquitetura sabe que não é preciso ser um artista para poder se aventurar na carreira. Mas nem por isso a habilidade de desenhar pode ser deixada de lado, afinal, é por meio dela que melhores projetos são feitos e ideias podem ser colocadas no papel.

O Urban Sketching é um desses livros essenciais na cabeceira de um arquiteto. Escrito por Thomas Thorspecken, exímio artista que trabalhou com Walt Disney, o guia tem detalhes riquíssimos e ilustrados. Além de tudo isso, ainda traz conselhos e exemplos de projetos executados por diferentes profissionais.

Vale destacar que o conteúdo também conta com aspectos básicos do desenho, cores, texturas, representação de áreas externas e uma lista de materiais utilizados no dia a dia de um arquiteto, como os melhores lápis, canetas e papéis.

7. Sistemas estruturais (Heino Engel)

Outra obra que está na lista dos melhores livros para estudantes de arquitetura é o Sistema Estruturais de Heino Engel. As estruturas são parte fundamental na arquitetura, afinal, é por meio delas que o profissional poderá desenvolver todos os projetos.

Este guia apresenta alguns dos diferentes sistemas de estruturas por meio de ilustrações, gráficos e descrições. A ideia é permite que o aprendizado sobre o assunto aconteça de maneira intuitiva e fluida, por meio de uma visão clara e simples, mas que também preza pela praticidade.

8. Arquitetura e design 4 décadas (Ruy Ohtake)

Ruy Ohtake é um dos mais renomados arquitetos brasileiros, responsável por mais de 300 obras pelo Brasil e exterior. Uma de suas características mais fortes é a contemporaneidade aplicada às construções pelos quais é responsável.

Escolas, teatros, edifícios…A extensão do trabalho de Ohtake é gigantesca, mas uma em especial se destaca nesse livro do autor: o aquário do pantanal, considerado o sexto maior mundo no que diz respeito ao volume de água, sendo o primeiro da sua categoria a contar com peixes provenientes de água doce.

A partir disso, o autor promove uma reflexão de todo o projeto arquitetônico desde a concepção do projeto até a utilização pelas pessoas. Para isso, destaca o papel da arquitetura, a qual deve estar interligada às novidades tecnológicas que surgem.

9. João Batista Vilanova Artigas — Elementos para a compreensão de um caminho da arquitetura brasileira (Miguel Antonio Buzzar)

João Batista Vilanova Artigas foi um arquiteto brasileiro cujas obras estão interligadas ao movimento arquitetônico chamado Escola paulista. Em um dos melhores livros para estudantes de arquitetura dedicado aos feitos desse profissional, Miguel Antonio Buzzar apresenta um panorama sobre o movimento modernista brasileiro nas construções.

A ideia da obra é preencher as lacunas históricas sobre o trabalho de Vilanova Artigas e, a partir disso, desenvolver um reconhecimento maior sobre a arquitetura brasileira no geral. De acordo com o autor, tudo em Vilanova Artigas poderia ser visto como excessivo, afinal, as simplificações não seriam capazes de explicar a produção arquitetônica dele, nem mesmo o seu pensamento.

Um excelente livro para aqueles que querem entrar mais a fundo na arquitetura brasileira, conhecendo seus elementos, mas também desvendar o que há por trás do pensamento de alguns de seus maiores precursores.

10. História: Tudo sobre a casa (Anatxu Zabalbeascoa)

As casas são um dos principais tipos de construções feitas por arquitetos e, por isso, inspiraram a criação dessa obra de Anatxu Zabalbeascoa. Nela, são ensinadas técnicas de desenho e apresentados hábitos que influenciam a forma como vivemos.

O livro lança um olhar multidisciplinar sobre as influências da sociedade, mas também sobre a forma como viviam nossos antepassados e como eles vivem agora. O interessante é que o autor narra tudo isso por meio dos seis principais cômodos de uma casa: o banheiro, a cozinha, os quartos, a sala, a sala de jantar e também o jardim. Para aqueles profissionais que estão começando agora é interessante ter a visão sobre a vida em sociedade e como isso impacta o trabalho de um arquiteto.

A nossa lista com os melhores livros para estudantes de arquitetura conta com obras de ficção e até técnicas, ensinando, por exemplo, a desenhar. Como foi visto, a leitura é parte importante do cotidiano do universitário, por isso, deve ser aproveitada como tal com boas obras em mãos.

Quer continuar lendo conteúdos como este? Assine a nossa newsletter e receba e-mails com novidades!