Como conseguir emprego no 1º ano de faculdade

Entrar em uma universidade, assumir maiores responsabilidades, se comprometer com uma carga mais intensa de estudos e conhecer novas pessoas. Todas essas questões já representam uma reviravolta e tanto na vida dos estudantes. Mas, somado a isso, existe mais um desafio para os futuros profissionais: como conseguir emprego ainda no início da faculdade? Será que é possível?

Sim! Além de ser possível, é muito vantajoso para a construção de conhecimento, conquista de experiências e enriquecimento do currículo. O estudante que entra em contato real com as atividades da profissão, desde o início do curso, tem muito mais chances de conseguir boas posições quando for um profissional recém-formado.

Continue acompanhando este post e veja importantes dicas de como conseguir emprego no primeiro ano de faculdade. Confira!

Por que adquirir experiência profissional desde o início da graduação?

Muitos estudantes acreditam que somente depois de alguns semestres cursados é que podem conseguir alguma vaga de estágio ou emprego. Isso porque, depois de alguns períodos concluídos, você já formou uma base de conhecimentos teóricos para colocar em prática, além de ter uma noção mais clara de qual direção pretende seguir.

No entanto, a melhor hora para buscar uma posição nas áreas da profissão escolhida é ainda no início da graduação, já nos primeiros semestres. Dessa forma, você terá um longo caminho para aliar a teoria à prática e acumular conhecimentos e experiências, o que certamente destaca o currículo e chama a atenção dos empregadores.

O primeiro trabalho pode ser determinante para quem está em começo de curso. É nessa vivência que você vai ter um contato real com a profissão que quer alcançar. Vai viver as experiências cotidianas, observar as funções que os profissionais da área executam, conhecer as demandas do mercado de trabalho e, principalmente, absorver conhecimentos práticos dos trabalhadores mais experientes.

Um curso superior abre muitas portas e prepara o estudante para trabalhar em diferentes setores de uma mesma profissão. Por isso, conseguir emprego logo no início da faculdade também é importante para que você avalie a área na qual quer atuar no futuro, ou seja, a carreira que pretende consolidar.

Por fim, outro motivo para não deixar as oportunidades de trabalho para o final do curso é a disponibilidade de horário. Os últimos semestres da graduação exigem muita dedicação e comprometimento de tempo dos estudantes, em razão dos estágios obrigatórios e da elaboração do trabalho de conclusão de curso.

Sendo assim, quanto antes você conseguir uma vaga de emprego na sua área, melhor será o aproveitamento da experiência. Especialmente porque essa é uma oportunidade para desenvolver e aprimorar seus saberes, habilidades e até as competências comportamentais.

Como conseguir emprego logo nos primeiros semestres?

Se você pensa que conseguir um emprego no primeiro ano de faculdade é uma missão impossível, está enganado. Claro que as oportunidades não caem do céu. Você precisa se dedicar, fazer acontecer e trilhar o seu próprio caminho de sucesso profissional.

Quer sair na frente, adquirir experiência, desenvolver habilidades e conquistar o seu lugar no mercado de trabalho? Então, preste atenção às dicas a seguir, porque elas podem favorecer suas oportunidades profissionais, ainda no início do curso.

1. Converse com seus professores

Seus professores, provavelmente, têm contato com muitos outros profissionais bem colocados na área e podem saber sobre alguma vaga em aberto ou conhecer algum colega que esteja precisando de um auxiliar ou estagiário.

Ser indicado é ter suas chances aumentadas para conseguir uma vaga. Portanto, também é importante que você se esforce para manter um bom desempenho em sala de aula, pois isso ajuda na hora dos professores pensarem no seu nome em uma possibilidade de indicação.

2. Informe-se sobre as oportunidades que a faculdade oferece

A própria instituição de ensino que você frequenta pode trabalhar em parcerias com outras empresas, manter um núcleo de empregabilidade ou, ainda, oferecer opções como monitor de curso. Então, fique de olho nessas oportunidades  — toda experiência vai agregar conhecimento.

3. Participe de seminários, feiras e eventos

Sua dedicação e participação ativa nos eventos da universidade também vão aumentar suas chances de conseguir uma posição no cenário profissional. Vá às feiras, palestras, seminários e congressos, participe de tudo o que puder. Isso vai deixar claro o seu empenho e interesse, além de viabilizar o contato com outras pessoas da área.

4. Invista em cursos complementares

Conhecimento nunca é demais! Os cursos complementares fazem toda diferença no currículo, além de aumentar a qualificação para áreas e atividades específicas da sua profissão.

A capacitação multidisciplinar, como um curso técnico anterior, e as noções de uma língua estrangeira, sobretudo o inglês, também são diferenciais para se destacar entre os demais candidatos.

5. Aprimore suas habilidades e competências comportamentais

Criatividade, proatividade, autoconfiança, boa comunicação, facilidade para trabalhar em equipe, flexibilidade e capacidade para se adaptar a novos ambientes e situações são algumas das competências comportamentais mais bem-vistas pelos recrutadores. Portanto, procure desenvolver ou aperfeiçoar essas habilidades e evidenciá-las durante os processos seletivos.

6. Enriqueça seu networking

Saiba que seus colegas de faculdade fazem parte da sua primeira rede de contato profissional. É durante o curso que você começa a criar seu networking e ganhar reconhecimento pelo seu empenho, por meio da postura e dedicação em sala de aula, qualidade dos trabalhos desenvolvidos e modo de se relacionar com os demais estudantes e professores.

Além disso, caso seus colegas já estejam atuando na área, como estagiários ou assistentes, eles também podem indicar você para uma vaga no local em que trabalham.

7. Capriche na elaboração do currículo

O ideal é que você faça um currículo clean, bem organizado, com informações relevantes e objetivo profissional bem definido. Esse é um dos critérios de avaliação dos recrutadores.

Se você destinar o seu currículo para vagas aleatórias, pode correr o risco de ser direcionado para atividades que não sejam de seu interesse ou pode até não ser chamado para nenhum processo seletivo, por falta de objetividade. Não se esqueça de destacar suas experiências, conhecimentos e atividades extracurriculares.

Aproveite que agora você sabe como conseguir emprego no primeiro ano de faculdade e crie suas oportunidades. Movimente-se, mostre dedicação, aumente suas chances, não deixe para depois. O compromisso com o seu futuro profissional começa agora!

O que você achou dessas dicas para conseguir emprego durante a graduação? Divulgue essas informações para os seus amigos e compartilhe nosso post nas suas redes sociais!