Entenda já a importância de se aprender marketing digital

As tecnologias não modificaram apenas a indústria e o formato de trabalho, mas também a relação entre empresas e clientes. Hoje, construir uma reputação na internet se tornou tão importante quanto fazer isso no mundo offline. Essa questão trouxe à tona uma necessidade dos tempos modernos: o aprendizado sobre o marketing digital.

Dada a relevância do tema, o investimento em mídias digitais deve aumentar cerca de 12% ao ano até 2021, segundo uma pesquisa da IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau) e da comScore. Nos tópicos a seguir, você entenderá mais detalhes sobre essa estratégia digital. Confira!

O que é o marketing digital?

Antes de nos aprofundarmos sobre questões mais técnicas, é necessário entendermos o conceito de marketing digital. A expressão está relacionada a um conjunto de técnicas e ações voltadas à divulgação e promoção de uma marca na internet.

Apesar de ter surgido na década de 1990, foi apenas nos últimos anos que o marketing digital passou a exercer uma forte influência na promoção de negócios. Tanto é que o termo tem se tornado cada vez mais popular proporcionalmente a maior utilização de canais digitais pelas pessoas que pesquisam produtos e realizam compras.

Por que ele é a chave para uma boa estratégia digital?

O marketing digital mudou o comportamento do consumidor ao longo do tempo e também a maneira como os negócios divulgam seus produtos e serviços. Logo, é de se esperar que o investimento seja a chave para uma boa estratégia digital. Só para ter uma dimensão do poder dessa ferramenta, veja alguns números:

  • um lead gerado por inbound marketing é cerca de 61% mais barato se comparado ao outbound marketing, ou seja, além de mais efetiva, a estratégia digital custa menos para o orçamento de um negócio;
  • 92,1% dos negócios brasileiros já estão presentes nas redes sociais, isso mostra a importância de estar presente onde o cliente está;
  • R$ 14,8 bilhões foram investidos em publicidade online apenas em 2017 no Brasil, o que mostra a consciência do mercado sobre o impacto que o digital exerce hoje no mundo.

Esses números surpreendem, mas existe uma razão para isso. Afinal, as vantagens de utilizar o marketing digital são muitas, entre as quais podemos destacar:

  • mensurável: o marketing digital pode ser medido, o que ajuda na compreensão do que dá ou não certo dentro da estratégia, tornando mais fácil o investimento em ações que oferecem um retorno melhor;
  • segmentação: diferentemente do marketing tradicional, no digital é possível segmentar o público para o qual as ações serão voltadas; consequentemente, elas são mais eficazes;
  • custo-benefício: anúncios em grandes veículos de comunicação não são baratos, além de não serem controláveis quanto a quem assistirá, o que pode não gerar bons resultados. No marketing digital, quando a estratégia é bem executada, mesmo com um orçamento baixo é possível obter um bom retorno.

Quais as principais métricas para a mensuração de resultados das estratégias de marketing digital?

Um dos principais conhecimentos para quem deseja aprender sobre o marketing digital diz respeito às métricas utilizadas na mensuração dos resultados das estratégias. Afinal, o que não é medido não pode ser melhorado e, levando em consideração as demandas do mercado moderno, isso é crucial.

Veja algumas delas:

Retorno sobre o investimento (ROI)

Essa é uma das métricas mais importantes do marketing digital. Ela avalia diretamente a lucratividade das estratégias digitais e se elas atingiram o patamar desejado pelo negócio que apostou na ação.

Por exemplo, se o ROI é positivo, isso mostra a necessidade latente de continuar investindo em ações do tipo. Aliás, se a empresa tiver capacidade de aumentar a produção, o ideal é proporcionalmente melhorar os investimentos. Para calculá-lo, a seguinte equação é utilizada:

ROI = (receita obtida – valor investido) / valor investido

Custo de aquisição por cliente (CAC)

Já o CAC é uma métrica utilizada para medir o quanto o negócio gasta para conquistar um consumidor. Portanto, é necessário somar todos os investimentos em mídia, vendas, salários pagos aos colaboradores, entre outros. Após somar as despesas com marketing e vendas em um determinado período, é preciso compará-las ao número de novos clientes que entraram na mesma época.

Essa medição será fundamental para saber se os recursos do negócio estão sendo bem aplicados e se estão gerando retorno positivo. Se a resposta for não, será preciso rever as estratégias.

CAC = (gastos + investimentos em marketing e vendas) / número clientes entrantes em um período

Leads por canal

Você sabe quais estratégias de marketing digital geram mais leads para o negócio? Pois bem, ter essa métrica em mãos é fundamental. Afinal, é preciso saber o que oferece resultados melhores para poder concentrar os esforços no lugar certo (e-mail marketing, redes sociais, mídia paga e outros).

Nesse caso, não existe uma fórmula pronta, mas sim a habilidade de checar o desempenho de cada canal, a fim de verificar o bom desempenho das estratégias e as possíveis melhorias a serem implementadas.

Quais as principais ferramentas disponíveis para o marketing digital?

Outra questão relevante na hora de aprender sobre o marketing digital é o tipo de ferramenta a ser utilizada. Veja quais as principais a seguir!

Marketing de conteúdo

Nesse caso, a ferramenta é o próprio conteúdo, produzido para educar, informar ou mesmo entreter um cliente em potencial. A ideia consiste em informar ao público não só para que ele crie uma consciência de marca, mas também a tenha como referência, aumentando as chances de se tornar cliente.

O principal canal de propagação do conteúdo é o blog. No entanto, hoje, também temos as redes sociais e o próprio e-mail marketing, sobre os quais falaremos mais a seguir.

E-mail marketing

O e-mail é outra ferramenta importante e serve para o envio de conteúdo, seja ele escrito, em forma de imagem ou vídeo. Cada e-mail enviado a um potencial cliente pode ser considerado um veículo de marketing digital.

A ideia é aproximar o relacionamento entre a empresa e os consumidores. Por isso, os e-mails podem ser promocionais, de vendas, informativos ou outros.

Redes sociais

Não existe estratégia de marketing digital na atualidade que não conte com, pelo menos, uma rede social envolvida. O número altíssimo de usuários faz com que esses canais sejam imprescindíveis para manter um relacionamento próximo com os clientes.

Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube são apenas algumas das mídias. Em grande parte delas, é possível veicular campanhas pagas, além de conteúdos em imagem, texto e vídeo. Além disso, elas permitem interações diretas com indivíduos por meio de chats, menções etc., o que as torna canais mais humanizados.

O marketing digital é uma vertente que cresceu exponencialmente nos últimos anos. Este artigo foi criado justamente para elucidar algumas das principais questões relativas a esse tipo de estratégia. No entanto, vale lembrar que ainda existe muito mais conhecimento a ser explorado para quem deseja aprender de fato sobre o assunto.

Agora, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais? Assim, mais pessoas poderão se informar melhor sobre o assunto!