Profissional de Ciências Contábeis: o que faz na prática?

 

Você já pensou em ser um profissional de Ciências Contábeis? São tantos os cursos universitários que existem hoje, que fica difícil saber qual deles escolher e em qual área trabalhar, não é? Assim, para evitar esse sofrimento causado pela indecisão quanto à escolha profissional, é essencial que você se informe sobre os cursos disponíveis.

Neste artigo, mostraremos informações importantes para você, que tem interesse em ser um profissional de Ciências Contábeis, ou ainda está indeciso.

Qual a sua relação com números e dinheiro? Você é do tipo de pessoa que controla seus gastos? Faz planejamento financeiro com o dinheiro que tem, de forma que dê para pagar suas contas e sobre um dinheirinho para sair com os amigos no final de semana?

E você, “economista de plantão”, já pensou em aproveitar suas habilidades com os números para fazer disso uma profissão? Essa é uma boa oportunidade para conhecer um pouco mais sobre o que um profissional de Ciências Contábeis faz. Confira abaixo!

Como é um curso de Ciências Contábeis?

Você pode optar pela graduação tecnológica, que tem duração de 2 anos. Há também o bacharelado em Ciências Contábeis, que dura 4 anos. Nessa segunda opção, pode ser cursado tanto na modalidade presencial quanto a distância (modalidade EAD).

A estrutura curricular mescla disciplinas teóricas e práticas, além de parte da carga horária do curso ser reservada para estágio supervisionado e outras atividades práticas. Veja algumas das principais:

  • Administração;

  • Auditoria;

  • Ciência Política;

  • Contabilidade (Comercial, Gerencial e Internacional);

  • Controladoria e Gestão;

  • Direito (Fundamentos, do Trabalho e Tributário);

  • Economia;

  • Estatística;

  • Finanças;

  • Gestão de Pessoas;

  • Gestão Empresarial;

  • Matemática Financeira;

  • Prática em Serviços Contábeis;

  • Tecnologia da Informação.

Para concluir o curso de graduação, é necessário apresentar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Os dois anos a mais na faculdade preparam melhor para o mercado de trabalho.

Fique atento! Antes de escolher em qual faculdade ingressar, verifique se ela é reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação) e se o curso tem uma nota alta no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes).

Seu diploma será um dos documentos necessários para o registro profissional. Assim, sem o reconhecimento do MEC, de nada adiantarão quatro anos de estudo e todo o empenho com o TCC, pois você não poderá atuar no mercado de trabalho como um profissional de Ciências Contábeis.

Portanto, pesquise e busque estudar em uma instituição de Ensino que os Gestores de Recursos Humanos aprovam.

Qual é o perfil ideal do profissional de Ciências Contábeis?

Você tem afinidades com números? Note que é importante que você tenha capacidade analítica, ou seja, que tenha a capacidade de analisar números e informações, que entenda o que eles querem dizer e tome ações estratégicas.

Você é uma pessoa organizada e disciplinada? Saiba que o profissional de Ciências Contábeis lida com questões financeiras, contratuais, econômicas, tributárias e patrimoniais que envolvem grandes quantias de dinheiro de uma empresa. Então, você precisará ter senso de responsabilidade e ética, pois qualquer deslize poderá causar problemas graves.

Outra dica importante é que você esteja atualizado quanto às leis contábeis e empresariais vigentes no nosso país, para atuar de forma correta. Se você deixar de pagar um imposto, por exemplo, isso poderá causar problemas para a empresa.

Quais são as áreas de atuação?

Com as variadas disciplinas ofertadas na graduação, você poderá atuar em diversas áreas no mercado de trabalho. Algumas delas são:

1. Auditoria

Essa é uma área que tem demonstrado grande crescimento atualmente. O auditor contábil faz uma análise detalhada da aplicação de recursos financeiros. Ele verifica se o dinheiro está sendo aplicado de forma correta, identificando falhas.

Então, seu trabalho será fiscalizar o que os outros contadores e profissionais da área estão fazendo, e isso demanda ética e cautela na pesquisa por falhas e desvios de dinheiro na empresa.

Há dois tipos de auditores ― o interno e o externo. Ao trabalhar na auditoria interna, o profissional de Ciências Contábeis terá a incumbência de garantir que toda a contabilidade da empresa na qual é contratado esteja “na linha”. Para isso, ele atua de forma preventiva e corretiva. O objetivo é que os diretores e acionistas da empresa estejam certos de que o dinheiro está sendo bem administrado.

Na auditoria externa, o profissional tem um papel investigativo e, normalmente, é chamado quando algum evento importante está acontecendo, como no caso de venda de uma empresa ou fusão de um negócio. Ele deverá detectar todos os possíveis erros nas informações contábeis ao longo do processo.

2. Contabilidade ambiental

Esse ramo da contabilidade é responsável por registrar e controlar dados sobre as ações de uma empresa ou entidade que venham a afetar o meio ambiente. Por isso, o profissional de Ciências Contábeis se engajará no controle e planejamento de projetos que envolvam a proteção do meio ambiente. Poderá propor ações que reduzam os poluentes gerados pela empresa, por exemplo.

Além da implementação de sistemas e métodos para a contabilização das ações de aspecto ambiental, também poderá gerir e disponibilizar informações sobre as condições ambientais e como elas impactam o patrimônio da organização.

3. Contabilidade geral

Essa é uma possibilidade de atuação mais ampla, que permite ao profissional de Ciências Contábeis trabalhar em diversos segmentos do mercado. Ele prestará serviços de assessoria contábil, em contrato permanente ou como profissional autônomo, cuidará de declarações de Imposto de Renda e, ainda, fará a declaração de IR e o planejamento tributário da empresa ou pessoa física. Poderá trabalhar nas seguintes áreas:

  • comercial;

  • educacional;

  • filantrópica;

  • hospitalar;

  • imobiliária;

  • industrial;

  • pública;

  • rural;

  • seguros;

  • serviços;

  • transportes.

4. Consultoria financeira

Esse é o caminho ideal caso você queira ser um empreendedor! É uma oportunidade de ter o seu próprio negócio e de trabalhar por conta própria como contador. Como consultor, você poderá trabalhar com casos pessoais, em empresas privadas ou em instituições governamentais.

Em geral, a consultoria financeira oferece serviços terceirizados de contabilidade ou atua em assessoria para ajustar as finanças das organizações ou pessoas. Uma das áreas mais requisitadas é a recuperação judicial ― em que a empresa passa por uma reorganização financeira por intermédio da Justiça, a fim de evitar sua falência.

5. Controladoria

Um dos principais cargos para o profissional de Ciências Contábeis em uma empresa. Para chegar até ele e se tornar um controller, é preciso construir uma trajetória a partir de cargos mais baixos, como assistente e analista.

Como o controller é um gestor, está em suas mãos a responsabilidade de analisar todas as informações financeiras da empresa. Portanto, sua função é estratégica para que os diretores e acionistas conheçam o desempenho financeiro da organização e, juntos, consigam planejar o crescimento do negócio.

6. Ensino

Interessa-se por dar aulas? Além do ensino profissionalizante (técnico e/ou superior), o profissional de Ciências Contábeis também pode ministrar cursos de capacitação e educação continuada dentro das empresas. Ali, ele vai lecionar disciplinas relacionadas à área de finanças. As aulas podem abordar assuntos como as mudanças na lei, ser treinamentos de novos funcionários na empresa, ou mesmo coaching para executivos.

7. Importação e exportação

Essa é uma área complexa e que envolve inúmeros documentos. O profissional de Ciências Contábeis será responsável por garantir que todos os detalhes fiscais ― tais como impostos, taxas, documentações ― estejam corretos em qualquer operação de importação e exportação de produtos.

Além disso, conforme vai ganhando experiência é possível trabalhar em outras frentes, como a própria negociação de compra e venda. Uma das vantagens dessa função é a possibilidade de viajar constantemente.

Como está o mercado de trabalho?

O mercado de trabalho está em alta para o profissional de Ciências Contábeis desde 2010, quando o Brasil aderiu às Normas Internacionais de Ciências Contábeis. Dessa forma, toda empresa precisa de um contador e os escritórios de contabilidade continuam contratando muitos profissionais da área.

Então, lugares para você mandar seu currículo não vão faltar! Há oportunidades de emprego por todo o país! Agora que você já conhece algumas das principais áreas de atuação, veja, resumidamente, algumas das possibilidades de cargos a ocupar:

Em uma organização

  • analista financeiro;

  • auditor independente;

  • auditor interno;

  • conferencista;

  • contador de custos;

  • contador geral;

  • gerente de operações financeiras;

  • gestor contábil;

  • investigador de fraudes.

  • perito contábil.

Na área pública (entrada via concursos)

  • agente fiscal de rendas;

  • articulista técnico;

  • auditor de controle interno;

  • auditor do Tribunal de Contas;

  • contador público;

  • escriturador contábil;

  • legislador;

  • professor universitário.

Qual é a média salarial?

O quanto você vai ganhar dependerá do tamanho e da complexidade contábil da empresa em que você estiver. Normalmente, o salário em companhias pequenas varia entre R$ 4 mil e R$ 8 mil. Já o salário em organizações maiores pode chegar a até R$ 10 mil.

Concursos públicos também costumam oferecer bons rendimentos de acordo o cargo almejado e a esfera em que deseja prestar (Municipal, Estadual ou Federal). Normalmente são cargos de alta responsabilidade, com salários altos e garantia de certa estabilidade. Em alguns casos, vagas concorridas, como a de auditora do Tribunal de Contas da União, podem ser superiores R$ 28 mil por mês!

Já deu para ter uma ideia de como o mercado está aquecido, não é mesmo? Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que faz um profissional de Ciências Contábeis e em quais lugares ele pode trabalhar, mostre aos seus amigos este artigo compartilhando-o em suas redes sociais! Assim, vocês podem discutir juntos sobre as vantagens de escolher essa graduação.