Inglês para engenheiros: por que é fundamental?

 

O processo de globalização da economia e a produção acelerada, que é sustentada pelas mudanças constantes no campo científico e tecnológico, fazem com que o mercado de trabalho esteja cada vez mais competitivo.

Entre 2000 e 2015, o número de engenheiros formados cresceu cerca de 360%, de acordo com a Fapesp. Isso fez com que a disputa por uma vaga se tornasse mais acirrada. Diante disso fica o questionamento: o que fazer para sair na frente dos concorrentes? A resposta está no inglês para engenheiros.

Ter domínio de um segundo, terceiro, quarto idioma pode abrir muitas portas. Portanto, fizemos este artigo justamente para mostrar a você a importância dessa qualificação e os impactos na vida do profissional de engenharia!

O mercado de trabalho de engenharia

A área continua em expansão e tem demandado importantes transformações do mercado. Apesar do número de engenheiros que se formam a cada ano nos vários tipos de engenharia, o mercado ainda tem uma carência de uma formação mais especializada. Isso significa que é necessário mais do que uma formação sólida, mas também habilidades técnicas em outras áreas, como é o caso dos idiomas.

Os profissionais com conhecimento técnico, especializações e certificações que vão além do básico costumam ter uma vantagem na hora de encontrar uma vaga no mercado de trabalho. No entanto, hoje temos outros pré-requisitos modernos que aumentam as chances de conquistar um emprego. É o que chamamos de soft skills.

Elas são as habilidades interpessoais, como a capacidade de se comunicar com o próximo. Em vista do mundo globalizado no qual estamos inseridos, ter conhecimento de um idioma como o inglês é crucial para ter aperfeiçoar tal habilidade, afinal, estamos falando da língua mais popular do mundo e que abrange boa parte das relações internacionais.

As oportunidades proporcionadas pelo inglês para engenheiros

Já destacamos o quanto o inglês para engenheiros é importante. Mas, afinal, quais as oportunidades ele apresenta para um plano de carreira? Descubra a seguir!

Reportar resultados

Imagine atuar em uma multinacional e responder diretamente à sede que está em outro país. A primeira questão a levar em consideração é o idioma. Você precisa saber se comunicar bem para reportar os resultados obtidos em seu trabalho.

Logo, o inglês o ajudará a transmitir melhor a sua mensagem e a mostrar conhecimento, afinal, muitos termos técnicos estão nessa língua. Além disso, o domínio do idioma será essencial na hora de conversar e trocar ideias com pessoas que atuam em outras localidades e podem auxiliá-lo em seus projetos.

Atender a demandas diferenciadas

O inglês funciona como um termômetro para avaliar a capacidade de uma pessoa atuar em determinadas corporações. Hoje, é bastante comum que as empresas exijam que os engenheiros de diferentes áreas tenham a fluência na língua no currículo. Isso se deve às demandas de mercado que ela precisa atender, especialmente, devido às mudanças no comportamento do consumidor.

Como já dissemos, a globalização do mercado o tornou altamente competitivo. Contar com um profissional qualificado e apto a se comunicar em uma outra língua ajudará no processo de trocas de experiências com colaboradores alocados em outras unidades de negócio, favorecendo assim o processo de inovação e criatividade.

Conseguir oportunidades fora do país

Se você está pensando em uma oportunidade fora do país, o idioma deve ser uma das suas principais preocupações. Uma pessoa qualificada na língua inglesa tem muito mais chances de conseguir uma vaga, se comparada a outra que não tem qualquer domínio do idioma.

É uma questão de exigência das empresas lá fora também. Afinal, você precisará lidar com nativos e até pessoas de outras nacionalidades. Assim, para que o trabalho flua bem é preciso que exista um ponto de contato, que será justamente a comunicação.

Sem contar que o idioma abrirá portas também para poder realizar cursos, se qualificado profissionalmente. Ou seja, será um divisor de águas na sua vida, sendo um fator de impacto para poder trilhar uma carreira internacional.

Acompanhar as novidades do mercado

Diariamente, o noticiário apresenta novidades que ditarão os rumos do mercado no futuro. Além disso, existem as pesquisas e testes que são feitos e usados no aperfeiçoamento de processos. Na engenharia não seria diferente; para ser um profissional completo, é preciso de atualizar constantemente.

No entanto, grande parte das pesquisas está em outras línguas e nem sempre oferece tradução. Saber o inglês o ajudará justamente a realizar estudos aprofundados e aplicá-los no dia a dia do seu trabalho.

Compreender as diferentes culturas

A princípio você pode se perguntar qual a ligação da cultura, do idioma e da engenharia. O conhecimento de uma língua como o inglês permite entender melhor sobre os costumes, o que inclui a maneira de fazer negócios de uma determinada região.

Saber como lidar com as pessoas de nacionalidades distintas pode não só favorecer as relações empresariais, como ser uma fonte de estudo para a criação de soluções mais inovadoras e adequadas àquela realidade.

Suponha que um engenheiro civil vá trabalhar em um país com uma cultura totalmente diferente da sua. Se ele tem domínio da língua, fica mais fácil entender sobre as construções locais, os materiais disponíveis, os próprios anseios dos moradores locais e tudo mais. Isso permitirá o desenvolvimento de um trabalho mais efetivo e que, de fato, impacte o seu entorno.

Ter a chance de salários maiores

Uma pesquisa do site Catho mostrou que pessoas que dominam a língua inglesa podem ganhar até 70% a mais do que as que não têm essa habilidade . O interessante é que o conhecimento no inglês interfere não só na hora da contratação, mas também na promoção.

Além dos maiores salários, o funcionário tem a chance de conquistar oportunidades melhores e se destacar profissionalmente, ocupando altos cargos dentro da empresa. Em locais onde são exigidos aprendizados contínuos devido à constante expansão, ter fluência pode colocar você à frente de outros candidatos.

O inglês para engenheiros deveria ser uma obrigatoriedade na grade curricular da graduação. Afinal, estamos falando de profissionais que lidam diariamente com aspectos globais de conhecimento e precisam estar em constante atualização de mercado.

E então, o que achou do nosso artigo? Quer ler mais sobre esse e outros assuntos ligados o idioma? Assine a nossa newsletter!