Direito e tecnologia: entenda mais sobre o estreitamento dessas áreas

A sociedade passa constantemente por transformações sociais, econômicas e políticas. Essa mudança contínua também modifica a relação entre Direito e tecnologia, e impacta de forma direta o desenvolvimento das inovações tecnológicas ligadas ao setor.

Por isso, é natural uma aproximação maior entre essas áreas, sendo essa conexão necessária para adequar a atividade jurídica à nova realidade trazida pelos avanços científicos.

O advogado pode se beneficiar dessa modernização ao oferecer diferentes modalidades de serviços no mercado. A utilização de novos meios digitais, programas de computador, tecnologia da informação e inteligência artificial são alguns exemplos de como usar a ciência a favor da advocacia.

Dessa forma, as relações jurídicas se tornam mais dinâmicas ao utilizar os avanços tecnológicos como meios de integração com os anseios da sociedade contemporânea. Para saber mais sobre como a relação entre essas áreas reflete em novas oportunidades de conhecimento e trabalho, continue a leitura!

Impactos da tecnologia na advocacia

O progresso faz com que o advogado mude sua forma de atuação em busca de mais qualidade e eficiência na prestação de seus serviços. É fundamental que o profissional caminhe lado a lado com a ciência e otimize seu tempo com o objetivo de melhorar o atendimento aos seus clientes.

Muitos são os impactos causados por essas novidades no setor jurídico e, devido a isso, os profissionais que atuam nessa área precisam dispor de diversos recursos para se manterem atualizados e competitivos no mercado de trabalho.

Toda essa modernização faz parte da chamada quarta revolução (indústria 4.0), que abrange as principais inovações nas áreas de automação, controle e tecnologia da informação. Esse movimento impacta todo o mercado, gerando novos modelos de negócios que integram o produto ou serviço à necessidade do cliente.

Previsões para o setor jurídico

Para acompanhar as mudanças, os escritórios têm buscado auxílio na área de serviços tecnológicos. O objetivo é promover a transformação digital da empresa e, assim, garantir melhores resultados ao utilizar de forma objetiva os dispositivos oferecidos no mercado.

Entre os recursos mais utilizados por esses profissionais, podemos citar: softwares, inteligência artificial, certificado digital e sistema de segurança de dados. Esses programas buscam auxiliar no desenvolvimento da atividade e acelerar o andamento dos processos que fazem parte da prática jurídica. Diminuindo a margem de erro, há aumento da produtividade.

Um bom advogado sempre desempenha suas funções buscando alcançar o sucesso como resultado. Embora hoje muitos procedimentos judiciais sejam eletrônicos e virtuais, as ferramentas disponíveis não são capazes de substituir integralmente esse profissional em todas as fases do processo e, por isso, não representam um risco para a sobrevivência da profissão.

Utilização da tecnologia na área jurídica

Diante de tantas novidades tecnológicas disponíveis atualmente, o mundo jurídico precisa estar integrado a esse momento, pois essas inovações fazem surgir novos métodos de executar o Direito.

A utilização de alguns recursos modernos já faz parte da rotina de muitos escritórios. O uso desses dispositivos atende de forma eficiente às necessidades desse setor, refletindo a busca dos clientes por conveniência e confidencialidade. Dois exemplos dessas ferramentas são os robôs advogados e os softwares jurídicos.

Robôs advogados

O uso da inteligência artificial pode transformar a rotina do setor jurídico e tem um papel de impacto no mercado de trabalho. Alguns exercícios comuns a advogados já podem ser realizados por robôs, que estão sendo encarregados progressivamente de mais funções nos grandes escritórios.

Os robôs advogados são usados principalmente nas atividades repetitivas da área, em que não há necessidade de uma pessoa muito capacitada para desempenhar a função. Quanto mais entediante a atividade, mais fácil cometer algum erro ou deixar passar algum detalhe — e o robô consegue filtrar essas pequenas falhas.

Softwares jurídicos

Muito advogados têm percebido a necessidade de automatizar procedimentos em seus escritórios e, ainda, reduzir ao máximo suas despesas. Essa necessidade fez com que profissionais da área de tecnologia da informação desenvolvessem aplicativos específicos para a área jurídica.

Esses softwares realizam em poucos segundos o trabalho que alguns advogados levariam meses para realizar. Além disso, eles são capazes, por exemplo, de analisar estatisticamente as decisões de determinado juiz e estimar a probabilidade de sucesso do processo.

O futuro da relação entre Direito e tecnologia

A humanidade já passou por diversas inovações e, em nenhuma fase, a inteligência humana foi substituída integralmente pela tecnologia. Estamos diante de uma nova era onde os profissionais do Direito enfrentam inúmeros desafios.

O uso desses dispositivos na área jurídica transforma os processos, tornando-os mais baratos e eficientes. Atividades repetitivas estão sendo substituídas por programas e inteligência artificial. Isso deixa o advogado mais livre para exercer o trabalho intelectual.

As ferramentas tecnológicas trazem mudanças no campo das relações de trabalho, do consumo e da tributação. Por isso, a transformação digital nos escritórios tem se tornado um processo natural.

Oportunidade de carreira

É esperado que os profissionais jurídicos utilizem os dispositivos tecnológicos para aplicar seus talentos, utilizando os robôs como auxílio na resolução de casos. São múltiplas as possibilidades para que o trabalho rotineiro não tenha alto índice de erros.

É também uma excelente oportunidade para redefinir as regras dos futuros negócios e utilizar as habilidades no desenvolvimento de uma sociedade mais justa. Por isso, é o momento ideal para buscar uma instituição de ensino de qualidade e iniciar seu curso de Direito.

O profissional jurídico deve se adaptar às mudanças, aproveitando cada ferramenta para melhorar sua atuação e otimizar o atendimento aos clientes, pois, assim como outros profissionais, os advogados também podem usar os novos serviços para melhorar a qualidade de seu trabalho.

A ciência vem causando impacto em diversas áreas de atuação, e as projeções para o futuro são positivas. A transformação digital é um processo inevitável e traz muitas mudanças pelo uso de softwares e de robôs nos processos dos escritórios.

O estreitamento entre as áreas de Direito e tecnologia traz benefícios, pois se reflete em oportunidades de conhecimento e de trabalho. Aproveite esse momento para iniciar sua carreira!

Gostou de saber mais sobre como a tecnologia influencia no setor jurídico? Deixe o seu comentário com alguma dúvida ou compartilhe a sua experiência conosco!